04/04/2013

Revitalização de quadras incentiva atividades esportivas


Para proporcionar melhor qualidade de vida e estimular a prática de exercícios físicos, 39 polos de lazer e pontos de encontro da comunidade ganham benfeitorias do GDF.


Preservar as quadras de esporte do DF é uma das prioridades do atual governo para melhorar a qualidade de vida da população e estimular a prática de atividades físicas. Em diversas regiões administrativas, 39 unidades passam por obras e várias outras estão com licitação em andamento para revitalizar esses espaços, que funcionam como polos de lazer e pontos de encontro da comunidade. A estimativa é que sejam investidos mais de R$ 4 milhões nesse trabalho.

No Paranoá, os trabalhos são focados principalmente na segurança dos usuários. Nos últimos meses, seis quadras receberam reforço na iluminação, com postes de concreto e de metal, além da substituição das lâmpadas por outras mais potentes. Os locais beneficiados estão nas Quadras 2,11, 12, 24, 26 e 27.

Além dessas benfeitorias, o Governo do Distrito Federal, em parceria com a Administração Regional do Paranoá, vai licitar a construção de um campo sintético. O investimento pode chegar a R$ 140 mil. A intenção é formar um complexo esportivo, na Área Especial da quadra 3, que será composto pelo campo sintético e o Ginásio de Esportes do Paranoá, que foi revitalizado e inaugurado no último mês e tem capacidade para 600 pessoas.

Em Ceilândia, as quadras da QNP 18, no Setor P Sul, e da EQNN 04/06 tiveram suas reformas concluídas e estão prontas para o uso da comunidade. Segundo a administração regional, estão em execução as obras do campo de grama sintética que será instalado na EQNO 13/15 e a reforma da quadra poliesportiva da EQNM 04/06.

Projetos em andamento

Em grande parte das regiões administrativas, os projetos de recuperação das quadras estão em andamento ou em fase de elaboração. No Cruzeiro, a previsão é que, nas próximas semanas, sejam publicadas licitações para a reforma de três espaços esportivos. A administração regional prevê, ainda, um projeto mais amplo, que abrangerá todas as 26 quadras da cidade.

Segundo o secretário de Obras, David Matos, existe um esforço concentrado para a melhoria dos espaços públicos. "Essas reformas e manutenções fazem parte de uma nova política de recuperação do bem público. É uma forma de fazermos novas obras, mas mantermos as coisas antigas em funcionamento. Além do investimento de R$ 4 milhões, estamos com licitação em andamento para parquinhos, quadras e praças no valor de R$ 18 milhões", esclarece o secretário.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

MAIS NOTÍCIAS