16/05/2013

Júnior do Friboi reforça chapa PT-PMDB na disputa pelo governo de Goiás



 
A filiação do empresário e pré-candidato ao governo do Estado, José Batista Júnior, o Júnior do Friboi, foi recebida pelo vice-presidente da República, Michel Temer, e pelo governador do Distrito Federal, Agnelo Queiroz (PT), na tarde desta quarta-feira (15/5) no auditório Solon Amaral, da Assembleia Legislativa, lotado de outras autoridades, a exemplo do presidente interino nacional da legenda, o senador por Rondônia Valdir Raupp; e do ex-presidente estadual do antigo partido de Friboi, Barbosa Neto (que não prestigiou a filiação de Vanderlan Cardoso ao PSB, no último sábado).

 Durante o discurso o empresário, deixou claro seu posicionamento de pré-candidato pelo PMDB ao governo do estado, decisão esta que ainda necessita de passar por convenções. Júnior Friboi, que leu todo o seu discurso ao lado do pai, mostrou-se um pouco engessado diante do público, porém, foi ovacionado quando falou de Iris Rezende.
 “Se Goiás tem uma cara, essa cara é do Iris. O ex-governador Iris Rezende Machado, se negou a ir à cerimônia de filiação, No seu tempo, não existia a buraqueira de hoje”, relembrou, dando sequência ao tom agressivo à atual gestão. O novo peemedebista lembrou que foi recebido pelo ex-governador em sua casa para buscar a ficha de filiação que o abonava a entrar no partido.

Afirmando que sua história está atrelada à de Goiás, o empresário ressaltou que chegou a hora de assumir um novo desafio, que envolve a palavra mudar. Goiás”. Dizendo estar “nada satisfeito” com a situação política do Estado, o empresário disse que é preciso devolver Goiás ao povo, sendo possível fazer isso de maneira limpa. “Quem quer ter sucesso, pode contar comigo”, convidou.

Júnior do Friboi reclamou que Goiás precisa avançar no social, na educação e na segurança em parceria com o governo federal, E um dos trechos que empolgou o público presente foi quando o empresário disse que “governador tem que trabalhar de olho nas cidades, ombro a ombro com os prefeitos” a fim de saber das demandas. Ele também afirmou não ter dúvidas de que estará abraçado com Iris Rezende para mudar Goiás,  e encerrou pedindo para ser chamado de Júnior de Goiás.

Disputa de Espaço

Em entrevista coletiva, Júnior do Friboi disse não estar se importando com o fato de ainda não ter sido garantido como o candidato do PMDB ao governo nas próximas eleições, como aconteceu com Henrique Meirelles e Vanderlan Cardoso. “Estou preocupado em visitar o Estado para saber das dificuldades e mudar a condição de vida do povo”.

Michel Temer, foi o último a discursar. Ele disse que quando recebeu a notícia sobre a filiação consultou autoridades peemedebistas goianas para saber seu histórico. Em seu discurso, Temer citou o nome do empresário 11 vezes, e o de Iris Rezende, quatro vezes. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

MAIS NOTÍCIAS