19/08/2015

Cooperação com parceiros trará mais recursos para o Hospital da Criança

Acordo entre governo de Brasília, Abrace e Instituto Ronald McDonald viabilizará projetos ligados a diagnóstico precoce de câncer, entre outros benefícios

Foto: Olivar de Matos

O tratamento de pacientes do Hospital da Criança de Brasília José Alencar ganhará reforços graças a um termo de cooperação assinado hoje entre governo local e entidades parceiras. Representantes da Associação Brasileira de Assistência às Famílias de Crianças Portadoras de Câncer e Hemopatias (Abrace) e do Instituto Ronald McDonald reuniram-se com o governador Rodrigo Rollemberg para celebrar o acordo que possibilitará a execução de projetos ligados a diagnóstico precoce de câncer e de pesquisas na área, entre outros benefícios.

A solenidade de assinatura marcou o lançamento da 27ª edição da campanha de arrecadação de recursos por meio da venda de sanduíches da rede de lanchonetes que promove o evento e é coordenada pelo instituto. "Ficamos felizes de ver empresas cumprindo funções sociais em causas tão importantes como esta", destacou o chefe do Executivo, no auditório do hospital, na tarde desta quarta-feira (19).

A iniciativa nacional ocorrerá em 29 de agosto. Em Brasília, como em todos os anos, a renda será repassada à Abrace. Durante o evento, representantes do instituto que coordena o projeto garantiram o valor mínimo de R$ 700 mil para a ONG, que devem ser usados em ações de qualidade de vida para jovens e crianças. A presidente da Abrace, Ilda Peliz, reiterou o esforço para investir em propostas relacionadas à educação. "Queremos construir um espaço pedagógico para que nenhuma criança abandone os estudos por motivos de saúde." O objetivo do programa escolar é atender crianças hospedadas na Casa de Apoio da Abrace e em tratamento na oncopediatria do hospital.

Também participaram da solenidade o superintendente-executivo do Hospital da Criança, Renilson Rehem, o gerente-geral do Instituto Ronald McDonald, Roberto Mack, a presidente da Organização Mundial da Família, Deisi Kusztra, e a colaboradora do governo, Márcia Rollemberg, esposa do governador.

Ampliação
Governo e Abrace trabalham juntos na construção do Bloco 2 da unidade de atendimento especializado, por meio de convênio entre o Executivo local e a Organização Mundial da Família (OMF). O primeiro bloco foi erguido com recursos da associação. Depois de inaugurado, integrou-se à rede pública de saúde de Brasília, em acordo assinado com a associação e com a OMF. O hospital é administrado pelo Instituto do Câncer Infantil e Pediatria Especializada.

Fonte: Redação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

MAIS NOTÍCIAS