31/05/2016

Com Marconi, dívida de Goiás subiu de 8 bilhões para 20,7 bilhões

Dados do Banco Central, exibidos no site da instituição, revelam que a dívida consolidada do Estado de Goiás subiu, em 16 anos, de R$ 8,1 bilhões para R$ 20,7 bilhões. Ou seja: mais do que dobrou de tamanho.

Foto: Divulgação.
Desses R$ 20,7 bilhões, R$ 20,3 bilhões da administração direta e R$ 370 milhões de empresas estatais. Em 2000, 16 anos atrás, a dívida total era de de R$ 8,1 bilhões, menos da metade do valor total. 

Um dado em especial chama atenção. A dívida com instituições financeiras públicas saltou de R$ 0,2 bilhão para R$ 13,03 bilhões, um crescimento sem igual em todo o resto do Brasil. 

A comparação foi feita do ano 2000 para o ano de 2016 (março de 2016, para ser mais exato). Os números de 2000 representam o segundo ano do primeiro mandato de Marconi Perillo e 2016 é o segundo ano do quarto mandato do mesmo Marconi.

A dívida consolidada em 2000 é acúmulo de dívidas acumuladas pelo Estado de Goiás desde o século 19. Ou seja: em 16 anos, Marconi contraiu para Goiás mais dívidas do que todos os outros ex-governadores juntos da história da República.

Leia mais

Nenhum comentário:

Postar um comentário

MAIS NOTÍCIAS