22/06/2016

Segurança integrada nos Jogos Olímpicos é discutida em seminário

Evento promovido pelo Ministério da Defesa ocorre durante dois dias, no Setor Militar Urbano. Governador Rodrigo Rollemberg participou da abertura dos trabalhos

Foto: Tony Winston.
Hoje (22) e amanhã (23), Brasília sedia o seminário Emprego do Ministério da Defesa na Segurança dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016, promovido pelo Ministério da Defesa. O objetivo é apresentar o planejamento dos comandos militares que atuarão na segurança do evento, assim como a integração das Forças Armadas com os órgãos de segurança pública e de inteligência federais, estaduais, distritais e municipais.

O governador de Brasília, Rodrigo Rollemberg, acompanhado da secretária da Segurança Pública e da Paz Social, Márcia de Alencar Araújo, participou na manhã desta quarta-feira da abertura do seminário, no Comando Militar do Planalto, no Setor Militar Urbano.

Ele destacou a honra de Brasília por receber parte da Olimpíada, com dez jogos de futebol. O primeiro será Brasil x África do Sul, em 4 de agosto. Ressaltou ainda que a capital federal foi elogiada pelos turistas na época da Copa do Mundo de 2014. “Tenho convicção de que, com o apoio das Forças Armadas e do Ministério da Defesa, integrados com as nossas forças de segurança aqui do Distrito Federal, novamente seremos um exemplo.”

Comissão distrital de segurança para os Jogos Olímpicos
Integrantes da Comissão Distrital de Segurança Pública e Defesa Civil para os Jogos Olímpicos Rio 2016, como representantes das Polícias Militar e Civil do DF, do Corpo de Bombeiros e do Departamento de Trânsito, participam do seminário.

Coordenador do grupo, o coronel da Polícia Militar Paulo Roberto Oliveira destacou a troca de experiência. “Nossa função é demonstrar integração nos planejamentos operacionais. É importante participar até mesmo para esclarecer algum ponto em que haja dúvida na atuação”, detalha. De acordo com Oliveira, o plano de atuação para Brasília está estabelecido desde 6 de março.

O ministro da Defesa, Raul Jungmann, ressaltou a importância do compromisso coletivo para o sucesso do evento. “Vamos fazer uma Olimpíada exemplar não só para os brasileiros, mas para todo o mundo.”

Também participaram o ministro da Justiça e Cidadania, Alexandre de Moraes, e o ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República, general de exército Sergio Etchegoyen, além de militares e civis de diversas áreas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

MAIS NOTÍCIAS