07/12/2016

Conselho Deliberativo do Centro-Oeste reúne-se em Brasília

No encontro, Rollemberg citou a possibilidade de usar parte dos recursos de fundos de investimento para financiar obras públicas

Reunião do Conselho Deliberativo do Centro-Oeste na sede do Banco do Brasil, no Setor Bancário Sul. Foto: Dênio Simões.
Em reunião na sexta (2), os governadores do Brasil Central decidiram participar mais ativamente de todas as reuniões do conselho deliberativo. “Estamos aqui para fortalecer o fórum [Brasil Central] e para ter o objetivo em comum do desenvolvimento dos fundos da Sudeco”, explicou Rollemberg. Também estavam hoje os governadores de Goiás, Marconi Perillo, e de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja.

Entre os pleitos apresentados, Rollemberg citou a possibilidade de usar parte dos recursos dos Fundos Constitucional de Financiamento do Centro-Oeste (FCO) e de Desenvolvimento do Centro-Oeste (FDCO) para o financiamento de obras públicas. De acordo com o ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho, também presente, a demanda será discutida internamente pelo governo federal.

Para Perillo, os fundos são de extrema importância para a criação de empregos e o desenvolvimento em áreas como o agronegócio, a indústria e o comércio. “Conseguimos nos últimos anos multiplicar o PIB [produto interno bruto] por dez”, ressaltou, em referência aos benefícios que os investimentos proporcionaram a Goiás. Ele também disse que levará ao governo federal a necessidade de recomposição do Fundo de Desenvolvimento do Centro-Oeste.

Esta foi a segunda reunião neste ano do Conselho Deliberativo do Centro-Oeste, criado em 2009. O governador de Mato Grosso, Pedro Taques, também faz parte do colegiado, mas não estava presente hoje.
Fundo Constitucional de Financiamento do Centro-Oeste (FCO) e Fundo de Desenvolvimento do Centro-Oeste (FDCO)

O FCO foi instituído em 1989 e tem o objetivo de contribuir com o desenvolvimento regional mediante programas de financiamento aos setores produtivos. Já o FDCO, também criado em 2009, tem a finalidade de assegurar recursos para a implementação de projetos e realização de investimentos em infraestrutura, ações e serviços públicos considerados prioritários no Plano Regional de Desenvolvimento do Centro-Oeste.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

MAIS NOTÍCIAS