Saúde cede fumacê veicular ao Entorno para reforçar combate

Saúde cede fumacê veicular ao Entorno para reforçar combate

março 11, 2020 0 Por Viver Politica

Equipamento será usado nos municípios de Valparaíso de Goiás e Novo Gama. A pasta também cedeu duas tendas de acolhimento para atender casos suspeitos de dengue nos dois locais

AGÊNCIA BRASÍLIA*

A Secretaria de Saúde vai ajudar a reforçar o combate contra o Aedes aegypti no Entorno, atendendo a um pedido das prefeituras de Valparaíso de Goiás e Novo Gama. Um treinamento foi dado pela Vigilância Ambiental, nesta terça-feira (3), aos agentes de saúde dos dois municípios. O objetivo foi instruí-los no uso do Ultra Baixo Volume (UBV) pesado, conhecido como fumacê veicular, cedido a eles pela Secretaria de Saúde.

Com isso, os agentes já começaram a atuar com o equipamento nos municípios. Além disso, a pasta também cedeu duas tendas de acolhimento para atender casos suspeitos de dengue nos dois locais. A previsão é que uma será instalada ao lado da rodoviária do Novo Gama, e outra no estacionamento do Centro de Atendimento Integrado à Saúde (Cais) de Valparaíso.

“Demos orientações técnicas e instruções do uso do UBV no local. O treinamento deles também é uma forma de contribuir no combate à dengue no DF, porque os dois municípios têm puxado o nosso índice para cima. Muitos dos casos deles são atendidos em Santa Maria e no Gama”, informou o subsecretário de Vigilância à Saúde, Divino Valero.

Leia tambémGoverno promove ações integradas no combate à dengueGoverno convoca 600 agentes para combater a dengueEducação e Saúde criam comissão para combater dengue nas escolas

Para o gestor, unir esforços com as equipes de saúde do Entorno é uma estratégia mais do que necessária para evitar a proliferação do mosquito transmissor da dengue. “Se não ajudarmos os municípios vizinhos, os casos daqui também vão aumentar. Não adianta fazermos nosso trabalho somente deste lado. O mosquito não conhece fronteiras”, ressaltou o subsecretário.

De acordo com os dados das autoridades locais, os dois municípios do Entorno já registraram, juntos, mais de 1 mil casos prováveis de dengue este ano. O DF contabilizou 1.419 casos prováveis de dengue nas primeiras semanas de janeiro.

Combate ao Aedes

O engajamento da população também é fundamental no combate ao Aedes aegypti. A principal forma de se prevenir contra as doenças transmitidas pelo mosquito é manter o monitoramento constante nas residências, sempre buscando evitar água parada e a proliferação do inseto. Confira algumas dicas:

– Mantenha caixas d’água, tonéis e barris de água tampados;

– Mantenha garrafas de vidro ou plástico sempre com a boca para baixo;

– Encha os pratinhos ou vasos de planta com areia até a borda;

– Limpe as calhas com frequência, evitando que galhos e folhas impeçam a passagem da água;

– Em caso de identificação de focos do mosquito, acione a Vigilância Ambiental pelo telefone 160.

*Com informações da Secretaria de Saúde