Justiça de Goiás bloqueia R$ 100 mil de coronel acusado de improbidade

Justiça de Goiás bloqueia R$ 100 mil de coronel acusado de improbidade

agosto 13, 2020 0 Por editor

Luiz Antonio Raíza é investigado por mandar uma viatura escoltar um caminhão que continha ração para boi até a casa de um bicheiro

MATHEUS GARZON

11/08/2020 23:45,ATUALIZADO 12/08/2020 9:25

OTribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJGO) decidiu, nesta terça-feira (11/8), bloquear os bens do coronel afastado da Polícia Militar do estado Luiz Antonio Raíza, no valor de R$ 100 mil. Ele é acusado de improbidade administrativa por mandar uma viatura escoltar um caminhão até a chácara de um bicheiro da região.

A ação foi movida pelo o Ministério Público do Estado de Goiás (MPGO) após apuração com os próprios militares. Segundo os relatos, uma ordem chegou a policiais de Água Fria para que viajassem cerca de 130 quilômetros até São João da Aliança e encontrassem um caminhão com toneladas de ração para boi.

A orientação era fazer o acompanhamento do veículo até um local na entrada de Formosa, pertencente a um bicheiro da região. “O coronel deu a ordem para o major, que passou para o capitão e foi descendo até chegar a quem estava na viatura no dia”, explica o promotor de Justiça de Formosa, Douglas Chegury.

Fonte: https://www.metropoles.com/distrito-federal/entorno/justica-de-goias-bloqueia-r-100-mil-de-coronel-acusado-de-improbidade